Londres, Inglaterra: Imagens

A grande Cidade de Londres! Conhecida pelo seus marcos históricos, arranha-céus modernos, mercados antigos, famosas pontes, como a ponte de Londres (aquelas com as torres), e o famoso relógio Big Ben. Err. Na verdade esta informação não está certa. Sempre falo que Londres é a cidade das trívias. Big Ben não é o relógio, nem a torre. A torre se chama Elizabeth Tower, o relógio não tem nome e o sino (sim, o sino) se chama Big Ben. Ninguém sabe ao certo por que deste nome, mas a teoria é que tenha sido apelidado em homenagem ao Sir Benjamin Hall, que coordenou a instalação do relógio e do sino. Quem quiser entender melhor a história por trás deste ícone, sugiro este artigo. Mas pera aí! Temos mais trívias!

Casa do Parlamento de Londres. Err. Na verdade é o Palácio de Westminster.

A Cidade de Londres não é a mesma coisa que Londres. Enquanto a Londres possui cerca de 8 milhões de habitantes, a Cidade de Londres possui apenas 11 mil habitantes. De fato a Cidade de Londres fica no coração de Londres e possui sua própria prefeitura, recolhem impostos separadamente, possui sua própria policia que fazem cumprir leis diferentes de Londres. E por fim, a Cidade de Londres é mais antiga que a própria Inglaterra. Err.. Como assim? Romandos! Os Romanos construíram a Cidade de Londres em 47 e mais tarde por volta de 1028 quando o e quando o conquistador Guilherme I invadiu a Inglaterra viu que era mais difícil conquistar a Cidade de Londres então estabeleceu um acordo, onde ele governaria toda a Inglaterra e o Reino Unido exeto a Cidade de Londres. Mais tarde criou-se a cidade de Westminster (onde fica o parlamento) e as cidades se “juntaram” criando assim Londres.

Aqui não é Londres. :)

A ponte de Londres não é aquela ponte com as torres, aquela é a Tower Bridge, que não fica na Cidade de Londres. Embora você possa procurar no Google os resultados estão todos errados! De fato, este equívoco é histórico, tanto que a em 1960 as autoridades londrinas decidiram demolir a ponte e reconstruir-la (pela terceira vez). Sabendo desta história o empresário Robert McCulloch decidiu comprar a ponte e levar-la as pedras para reconstruir-la em sua cidade em Lake Havasu, EUA. Então ele foi para Londres e comprou a ponte. Embora ele afirme que sabia que não era Tower Bridge, existe algumas evidências (leia aqui e aqui) que ele perguntou sobre “as torres” durante a negociação!

Esta não é a Ponte de Londres. Mas a Tower Bridge.

Algumas outras trívias de Londres: É o sistema de metro mais antigo que começou a ser construido em 1863. Como o metro era subterrâneo ele era chamado de Underground e por causa dos formatos de tubo das estações ou ficou carinhosamente conhecido como Tube. Mas sabem qual o pior problema do metro? Guarda-chuvas! Todo o ano quase 100 mil guarda-chuvas são perdidos no metro e por isto o departamento de “Perdidos e Achados” do metro não recolhe mais os guarda-chuvas. Eles vão para o lixo.

Mas se você não gosta do metro, pode dirigir pela cidade se conseguir se adaptar com a “Mão Inglesa” e guiar no lado esquerdo. Mas cuidado a rua Savoy Courtyard se dirige o “lado certo”, o direito. Mas não recomendo pois a média a velocidade média dos carros no centro de Londres é de 16 km/h, ou a mesma velocidade das carruagens 100 anos atrás, por causa do trânsito. Bom agora aproveitem as fotos!

Deixe seu Comentário