Barcelona, Espanha: Imagens

Barcelona, a capital do estado da Catalunha é uma cidade interessante e com grande atrativos históricos, artísticos e arquitetônico graças ao famoso Antoni Gaudí expoente do modernismo catalão. De fato, boa parte dos atrativos de Barcelona, tais como a Sagrada Família, Parque Güell, La Pedrera e Casa Batlló são obras do Gaudí. Mas Barcelona tem muitas outras histórias que estão ocultas pela cidade. Por exemplo, eu me hospedei no Oriente Hotel (La Ramblas, 45) e fiz a agradável descoberta de saber que este era o hotel que Ernest Hemingway se hospedava quando ia a Barcelona. Mas, infelizmente, nem tudo em Barcelona é agradável. Deixa-me explicar…

O primeiro fato desagradável de Barcelona é a questão bairrista da Catalunha. O movimento cultural separatista “catalunya no es espanya” que foi vetado em Dezembro de 2013 pelo governo espanhol se assemelha à idea da República do Pampa, mas que infelizmente se estende aos turistas. Na Catalunha se fala Catalão e ponto. Espanhol não é bem-vindo! Então, quando eu tentava dialogar em espanhol eu era recebido com cara fechada por todos. Entendo que haja dissonância nos aspectos culturais e econômicos da Catalunha com a Espanha, mas os turistas não tem nada a ver com isto (sem dizer que o catalão é praticamente um espanhol com letras trocadas!). Esta questão é tão marcante que foi retratado no filme “O Albergue Espanhol” quando um estudante francês de intercâmbio enfrenta um professor que se nega em dar aula em espanhol.

Outro ponto triste de Barcelona é a segurança. Eu não tive nenhum problema, mas definitivamente não me sentia seguro na rua e alguns meses antes de eu ir (fui em Fevereiro de 2013) o meu pai foi assaltado em Barcelona, levando maquina fotográfica, dinheiro e documentos, um transtorno que você não quer na viagem. Esta insegurança se dá pela crise econômica da Espanha que gerou uma forte inflação. E isto é mais um ponto negativo em Barcelona. É tudo muito caro! Comida, hotel, museus, taxis, metro, etc. Tudo mais caro que Madri. Sabe as atrações do Gaudí que mencionei? Todas custam pelo menos 20 Euros para ingressar! Com excessão do Parque Güell que é um parque ao ar livre e também é uma porcaria. Seria criminoso cobrar para ver aquele parque feio com bancos de lajota na frente de um areião. Desculpe os apreciadores de Gaudí, mas as fotos enganam.

As atrações também nem sempre são gratificantes. A Sagrada Família, por exemplo, está em construção deste 1883. São mais de 130 anos e a igreja não está pronta. Acho que a igreja não tem condições estruturais para suas torres. Então pode esquecer aquela foto bonita na frete da igreja. Agora, a Casa Batlló é impressionante. Infelizmente também é muito cara para entrar (22 Euros) e depois da decepção do Parque Güell e da Sagrada Família eu fiquei receoso (e sem dinheiro) e não entrei. Mas vi as fotos do meu pai e de amigos e me arrependo de não ter visitado. Veja o vídeo abaixo:

A balada em Barcelona é forte. A cidade é o berço da franquia Pacha, Barcelona também é parada obrigatória de diversos festivais. Como eu não tenho mais disposição para entrar madrugada a dentro sem ficar estragado no outro dia, não cheguei a explorar a noite, mas não é difícil notar que a cidade tem festa boa.

Por fim, Barcelona é uma cidade interessante, eu até recomendo ir, mas a espanha precisa melhorar economicamente para as pessoas serem mais receptivas e felizes. Agora deixo vocês com algumas imagens de Barcelona e até o próximo destino!

Deixe seu Comentário